MVP: System Center Cloud and Datacenter Management, MCT, MCSE, MCITP, MCPD, MCDBA
MVP Logo

Pageviews 2017: 3811493
Pageviews 2016: 3991973
Pageviews 2015: 2675433
Pageviews 2014: 2664208
Pageviews 2013: 2399409
Pageviews 2012: 3209633
Pageviews 2011: 2730038
Pageviews 2010: 1470924
Pageviews 2009: 64608

Últimos posts

Categorias

Arquivo

Tags

Software Asset Management (SAM) com System Center Configuration Manager–Windows Desktop e Office (Part V)

Neste quinto artigo sobre como utilizar o SCCM para falar de SAM (Software Asset Management) vamos iniciar a leitura de relatórios envolvendo os dados de Windows desktops (client) e Office.

Para lembrar da nossa pauta e a agenda dos itens, use o link de introdução: http://www.marcelosincic.com.br/post/Software-Asset-Management-(SAM)-com-System-Center-Configuration-Manager.aspx

Introdução

O licenciamento que envolve o Windows cliente e o Office não são difíceis de serem interpretados. Basicamente o cálculo é feito por somar as versões e edições instaladas e comparar com o licenciamento que a corporação possui.

No caso de licenciamento para clientes é mais importante entendermos os diferentes tipos de licenciamento para os produtos envolvidos, para não cair nas “pegadinhas”.

 

Windows

OEM

O licenciamento do Windows normalmente não é comprado em contrato, pois a maioria compram os computadores com a licença de OEM. A maior dificuldade em caso de uma auditoria ou a gestão de ativos de software para OEM é o fato de ter que manter todas as notas fiscais. E se a licença for FPP (caixinha) é necessário ter colado a etiqueta na maquina (COA) e guardar a caixinha enquanto aquela maquina estiver com o SO comprado.

Referencia: http://windows.microsoft.com/pt-br/windows/genuine/business#T1=tab01 

E quando o cliente não possui as notas fiscais ou a caixinha? 

Neste caso é necessário pagar o licenciamento GGS, GGK ou GGWA (regularização) para cada máquinas que não tenha a nota fiscal. O valor da licença de regularização é muito similar a uma licença FPP mas tem possibilidade de contrato por volume facilitando o controle já que não precisa ter a etiqueta colada na maquina.

Também é possível comprar o licenciamento do Windows por meio de contratos, por exemplo no EA (Enterprise Agreement), EAS (Enterprise Agreement Subscription), MPSA (Microsoft Products and Services Agreement) ou em licenciamento online de Office 365 com o ECS (Enterprise Cloud Suite).

Observação: Em futuros artigos iremos abordar os diferentes tipos de contratos https://www.microsoft.com/en-us/Licensing/licensing-programs/enterprise.aspx

Nos casos de contrato EA, EAS e MPSA o licenciamento pode ser os de regularização já citados ou utilizar um bundle de licenciamento chamado ProDesk que incluir Windows, Office e CoreCal a um valor menor quando comprados separadamente.

Windows Enterprise e VDA

No caso de licenciamento e o ProDesk pode-se adquirir o Windows Enterprise que possui algumas características importantes, por exemplo o MDOP que é um conjunto de ferramentas (App-V, MBAM - Bitlocker Manager, AGPM) que são garantidos pelo SA (Software Assurance).

O VDA (Virtual Desktop) são as maquinas virtuais que existem no ambiente. Não podemos pegar o licenciamento de maquinas cliente e alocar para uma VM, exceto no caso de Windows Enterprise. Nos outros casos é necessário comprar uma licença VDA para cada VM de Windows Client que for inventariada.

Referencia do Enterprise com SA: https://www.microsoft.com/en-us/Licensing/licensing-programs/software-assurance-by-product.aspx#tab=2

Upgrade para Windows 10 (29/Julho/2016)

O Upgrade para Windows 10 pode ser feito até 29/Julho em qualquer uma das modalidades de compra, principalmente OEM. Os clientes pode fazer o upgrade e continuar licenciado.

Qual a diferença de alguém que fizer o upgrade após a data programada?

A ativação automática do Windows 10 só é possível com chaves licenciadas e OEM até esta data. Caso não faça o upgrade no prazo, as maquinas não conseguiram ativar e será necessário comprar uma nova licença ou retornar a anterior.

Direito de Downgrade

A página https://www.microsoft.com/pt-br/licensing/learn-more/brief-downgrade-rights.aspx traz o link para download de detalhes dos direitos de downgrade do SO:

image

 

Microsoft Office

Assim como Windows o Office pode ser comprado em OEM, FPP, Get Genuine (GG) e contratos de volume, valendo as mesmas regras anteriores.

Para não cair na repetição, vamos abordar o que temos de diferente em relação do Windows Client.

Direitos de Downgrade

O mesmo documento já especificado no Windows determina o direito de downgrade para o Office:

image

O direito de downgrade vale apenas para a versão e não para a edição, ou seja posso utilizar o Office 2010 Standard se tenho a versão 2013 Standard, mas não posso comprar a Professional e utilizar a Standard.

Office 365 Online

As diversas edições do Office 365 online não servem para licenciar as versões instaladas nos desktops.

É importante que no caso de clientes que possuem licenças de Office para legalizar e compraram o Office 365 ProPlus (separado ou como parte do ECS, E3 ou E5) que sejam desinstaladas as versões full.

O motivo é que as versões full de Office são ativadas com uma chave serial e são perpetuas, enquanto as versões Office 365 são validadas com a conta do usuário Microsoft ID e quando a assinatura expirar param de funcionar como seria o correto. No caso de clientes que tentaram comprar a versão online e estão utilizando a full, não ocorrerá a expiração e por isso é necessário o upgrade.

 

Licenciamento por Device ou User

O Office e Windows permitem os dois tipos de licenciamento, sendo o mais correto definido pelo perfil de uso.

No caso da maioria dos clientes utilizamos Device já que contamos as maquinas e atribuímos uma licença para cada computador. Porem, no caso de ambiente com Office 365 o licenciamento é por usuário e precisa-se entender a diferença e como contar.

Para licenciamento por usuário precisamos contar quantos usuários no AD não são administrativos ou maquinas e comprar o licenciamento.

O licenciamento por usuário tem vantagem no caso do ambiente em que um mesmo usuário utiliza dispositivos móveis para acessar a sua conta de correio, já que inclui até 5 dispositivos para cada usuário.

O licenciamento por dispositivo tem a vantagem de não ser necessário controlar usuários e podermos ter maquinas compartilhadas, já que na grande parte dos ambiente existem mais usuários que máquinas.

Manter ambientes com os dois tipos de licenciamento (Device e User) é possível mas complexo de controlar. Precisa-se neste caso contar e ter controlado qual maquina tem a licença de dispositivo e os usuários que estão utilizando licença por usuário.

Para saber quantas licenças de usuário teriam que ser compradas caso este seja o volume esperado, pode-se usar o relatório do Asset Intelligence que vimos nos artigos anteriores, principalmente os que indicam maquinas compartilhadas (Shared Computer) e o que indica o usuário primário para cada computador.

 

Conclusão

O licenciamento de Windows e Office não são tão complexos, mas exigem atenção pelo volume, principalmente o Office Professional que tem um custo elevado.

Referencia Geral: https://www.microsoft.com/en-us/Licensing/product-licensing/windows10.aspx

Posted: jun 05 2016, 18:45 by msincic | Comentários (0) RSS comment feed |
  • Currently 0/5 Stars.
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5

Instale o Windows 8.1 (Blue) Preview

Hoje foi liberado o Windows 8.1 Preview.

Para baixá-lo entre em http://preview.windows.com para baixar o update e depois será avisado da atualização pela loja:

Tela1

Tela2

Na sequencia poderá ver o novo Menu Iniciar e o botão de volta.

Note que agora é possivel agrupar e dar nomes a estes grupos, alem de escolher entre 4 diferentes tamanhos para os tiles, como mostrado na tela acima e abaixo.

image

Posted: jun 26 2013, 21:40 by msincic | Comentários (0) RSS comment feed |
  • Currently 0/5 Stars.
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Filed under: Windows 8

Resumo de 2012–Ano de Muitos Lançamentos e Trabalho a Comunidade

O ano de 2012 foi um dos mais agitados para a comunidade Microsoft com lançamentos em todas as linhas de produtos. Este foi o ano em que me afastei de vez da área de desenvolvimento e foquei definitivamente na área de infraestrutura, principalmente em gerenciamento de Datacenter com Windows Server e System Center.

Eventos em 2012

Logo em Janeiro recebi um prêmio do time de produtos System Center Operations Manager para participar o MMS 2012, evento focado em gerenciamento que ocorreu em Las Vegas no mês de Abril. Recomendo a todos que tiverem oportunidade de participarem este ano que será de 18 a 22 de Abril (http://www.2013mms.com/). O edição de 2012 foi especial, pois o lançamento do System Center 2012 ocorreu no primeiro dia do evento, o que deixou todos eufóricos. Um resumo do evento e o link para baixar as apresentações e as gravações das palestras (GRATUITO!!!) estão relacionados em http://www.marcelosincic.com.br/blog/post/MMS-2012e28093Novidades-Importantes-e-Assista-o-Evento-Online.aspx

Em Abril recebi o convite para participar pela segunda vez de um evento do SQLPass, desta vez o #127 que ocorreu no Rio de Janeiro. Neste evento apresentei o conteudo sobre como garantir performance máxima do hardware e storage http://www.marcelosincic.com.br/blog/post/Palestra-no-SQL-Pass-Saturday-RJ-em-14Abr.aspx

No mes de Maio foi a vez do lançamento do System Center 2012 no Brasil, com um grande evento em que eu e o Marcio Tadashi da Dell apresentamos a solução implementada de SCCM 2012 no Hospital Albert Einstein http://www.marcelosincic.com.br/blog/post/Case-do-Hospital-Albert-Einstein-de-SCCM-2012e28093Evento-de-Lancamento-do-System-Center-2012.aspx

Em Novembro foi a vez do evento oficial de lançamento do Windows 8 no Brasil onde mais uma vez a Microsoft me convidou para participar com a palestra sobre Deployment do Windows 8 no Via Funchal. Evento de alto nível, mais uma vez http://www.marcelosincic.com.br/blog/post/Apresentacao-sobre-Deployment-do-Windows-8-no-Evento-de-Lancamento-Tecnico.aspx

Durante o mes de Novembro e Dezembro participei de uma iniciativa do time de MVPs que foi o MVP IT Show Cast (http://mvpitshowcast.wordpress.com/), uma série de 45 eventos. Os meus eventos deixei todos disponiveis, incluindo o presencial no canal do Youtube http://www.youtube.com/user/MMS0018888

Ainda em Dezembro apresentei a palestra “Saiba mais sobre Storages, NAS, SAN, FC e IOPS e escolha o melhor para cada cenário” no MCT Summit, encontro de todos os MCTs do Brasil http://www.mctsumm.it/Pages/Agenda.aspx

Em vários eventos pelo ano pude apresentar palestras no EBC da Dell para clientes sobre as novidades do Windows Server 2012, focando principalmente em virtualização.

MVA – Microsoft Virtual Academy

Durante o ano fui responsável pela organização de diversos cursos no MVA, que é um centro de treinamento oficial da Microsoft em diversos produtos:

Artigos e Destaques

No mês de Abril recebi o convite da Microsoft, por meio da agencia de publicidade, para criar conteudos relevantes sobre System Center 2012 e Private Cloud, alimentando o portal MIVP (Most Influential Virtualization Professional).

Este conteudo está todo disponivel por meio de artigos no portal MIVP sob o subtópico System Center http://social.technet.microsoft.com/wiki/contents/articles/7533.portal-mivp-most-influential-virtualization-professional-pt-br.aspx?ocid=soc-n-br-loc

Mais uma vez a Microsoft criou uma campanha para gerar conteudo, desta vez com o nome “Windows Server League” onde 10 profissionais irão falar sobre o Windows 2012, e eu fui um dos selecionados: http://www.marcelosincic.com.br/blog/post/Lancamento-da-Campanha-Windows-Server-League.aspx

Certificações e Reconhecimentos

O mais importante do ano foi em Outubro recebi novamente o título MVP (Microsoft Most Valuable Professional), o que me alegra muito por ser um diferencial profissional de criação de conteudo na comunidade técnica http://mvp.microsoft.com/profiles/sincic

Mas também foi um ano de diversas certificações:

  • MCT – Microsoft Certified Trainer: Completei 12 anos como MCT em 2012
  • MCSE: Private Cloud (Microsoft Certified Solution Expert) – Envolve virtualização e System Center 2012 para gerenciamento de Datacenters
  • MCSA: Windows 2012 (Microsoft Certified Solution Associate) – Especialista em Windows 2012
  • MCITP: Virtualization Admin (Microsoft Certified IT Professional) – Especialista em Virtualização envolvendo Hyper-V, VDI e RDS
  • ITIL v3 Practioner – Atesta o conhecimento de procedimentos ITIL no gerenciamento de TI

Em 2012 por duas vezes recebi reconhecimento pela contribuição ao time de System Center, premio de influenciador pelo time de Data Protection Manager e o prêmio final com a viagem ao MMS 2012 pelo time de Operations Manager.

Alem disso, fico feliz que por 3 vezes fui reconhecido pelas contribuições no TechNet Wiki:

Estatisticas

Fiquei muito feliz pelo número de acessos ao meu site em português (http://www.marcelosincic.com.br)

Blog

Este ano fui surpreendido pelo número de visitas ao meu site transliterado para o inglês (msincic.wordpress.com) onde nos ultimos meses obtive quase o mesmo número de acessos que o meu blog principal em português:

Visitas WP

Conclusão

O ano de 2012 foi agitado pelo número de produtos lançados, mas ainda estamos começando a trabalhar com muitos deles.

Este ano de 2013 promete ser um ano de muitas novidades, portanto espero mais uma vez corresponder ao que a comunidade espera e gerar cada vez mais conteúdos relevantes!

Posted: dez 31 2012, 19:05 by msincic | Comentários (4) RSS comment feed |
  • Currently 0/5 Stars.
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5

MVA sobre MAP (Microsoft Assessment Planning and Toolkit)

Hoje foi disponibilizado mais um treinamento no MVA que pude participar.

O MAP é uma ferramenta que não só faz o inventário de um ambiente com Windows, Linux, Oracle, MySQL e outros. Ele analisa os dados e permite saber quais migrações estão viáveis ou não gerando planilhas Excel com dados analíticos e relatórios de proposta em Word completas.

Assista e entenda melhor esta ferramenta: https://www.microsoftvirtualacademy.com/tracks/migrando-ambientes-com-map

image

Posted: dez 21 2012, 17:04 by msincic | Comentários (0) RSS comment feed |
  • Currently 0/5 Stars.
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Filed under: Windows 8 | Windows 2012

Apresentação sobre Deployment do Windows 8 no Evento de Lançamento Técnico

Update: Video da apresentação disponivel no Channel9 http://channel9.msdn.com/Events/Windows-Camp/Windows-Dev-Camps-Brasil/lancWin8Infra1

Na ultima quarta feira ocorreu o evento de lançamento do Windows 8 no Brasil, no Vila Noah em SP.

Neste eventos com 3 trilhas fiz a primeira palestra da trilha de Infraestrutura com o tema “Deployment do Windows 8”.

Apresentamos as opções de deploy LTI, UDI e ZTI. Alem disso apresentamos as diversas funcionalidades do Windows ADK (http://www.microsoft.com/pt-br/download/details.aspx?id=30652), MDT (http://www.microsoft.com/en-us/download/details.aspx?id=25175) e System Center Configuration Manager 2012 (avaliação em http://www.microsoft.com/en-us/server-cloud/system-center/configuration-manager-2012.aspx).

Para quem quiser o ppt, clique aqui e baixe em PDF: Session 2 Deployment Deck - Final.pdf (1,92 mb)

IMG-20121113-00571IMG-20121113-00562

 

Posted: nov 30 2012, 10:10 by msincic | Comentários (0) RSS comment feed |
  • Currently 0/5 Stars.
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Login