MVP: System Center Cloud and Datacenter Management, MCT, MCSE, MCITP, MCPD, MCDBA
MVP Logo

Pageviews 2017: 3178548
Pageviews 2016: 3991973
Pageviews 2015: 2675433
Pageviews 2014: 2664208
Pageviews 2013: 2399409
Pageviews 2012: 3209633
Pageviews 2011: 2730038
Pageviews 2010: 1470924
Pageviews 2009: 64608

Últimos posts

Categorias

Arquivo

Tags

Conectando os Produtos System Center para Melhor Integração

Muitos que usam os produtos System Center 2012 ainda utilizam as ferramentas como nas versões 2007 e 2008, ou seja, de forma autônoma.

Assim, o Service Manager recebe incidentes manualmente quando algum tipo de alerta é gerado no Operations Manager. Os relatórios e dados de inventário (CI) precisam ser consultados no Configuration Manager.

Utilizando os conectores do Service Manager podemos integrar todos os produtos como mostra o diagrama abaixo:

image

Como pode ser visto no diagrama, é o Service Manager que faz o papel de integrador entre os diferentes produtos System Center. O Orchestrator também atua, porem por meio dos Runbooks que podem interagir com o desenho de atividades, mas já comentei em outro post http://www.marcelosincic.com.br/blog/post/Orchestrator-Integration-Packs-para-System-Center-2012.aspx

Criação de Conectores no Operations Manager

Os conectores precisam ser criados dos dois lados, inicialmente pelo Operations Manager em Administration –> Internal Connectors, como pode ser visto abaixo, onde os diversos conectores já estão criados, sendo que apenas um é criado no assistente e os outros criados automaticamente conforme o número de Management Packs:

08-02-2013 11-37-57

O primeiro passo é definir o nome do conector e quais os grupos de computadores do SCOM serão integrados:

08-02-2013 11-35-45

08-02-2013 11-35-53

No passo seguinte definimos quais são os Management Packs que serão integrados com o Service Manager, sendo que no momento de criação do conector pode-se escolher todos e fazer a manutenção após o conector já criado e testado, como será mostrado no próximo tópico:

08-02-2013 11-36-02

O ultimo passo ao criar o conector é definir critérios de filtro. Este item é mais importante que os dois acima (Computer Groups e Management Packs), pois permite definir de forma granular quais alertas irão gerar os incidentes no Service Manager. Por exemplo, apenas os erros são importantes em incidentes, assim como a prioridade e o estado do alerta no SCOM.

Também é importante notar que os incidentes no Service Manager podem ser abertos pelos estados resultantes dos Healthy Monitors do Operations Manager, o que amplia em muito o número de incidentes que serão gerados:

08-02-2013 11-36-10

Edição do Conector no Service Manager

Criado o conector no console do Operations Manager é possivel ver o mesmo conector replicado no Service Manager em Administration –> Conectors.

Se for necessário alterar como os incidentes são abertos, registrados e auto-atualizados é necessário alterar o conector pelo console do Service Manager, como mostrado na tela abaixo:

08-02-2013 11-36-28

Na tela de configuração do template definimos os critérios dos incidentes que serão sincronizados, lembrando que caso não seja configurado corretamente o conector no Service Manager, ao fechar um incidente este não será encerrado no Operations Manager e vice-versa.

No exemplo abaixo, selecionei todos os computadores pelo grupo, mas poderia ser feito um filtro pelo Management Pack, nivel de severidade, prioridade ou mesmo um campo personalizado:

08-02-2013 11-37-15

Criando Conectores de Itens (CI) no Service Manager

Note que a importação dos Management Packs tem a ver com os itens de configuração e não com os alertas definidos anteriormente.

Neste caso, o que será importado são itens, computadores e dados recolhidos dos agentes pelo Operations Manager, para formar a biblioteca de dados de configuração junto com o próprio System Center Configuration Manager.

Sendo assim, criar o conector de itens de configuração não é tão importante quanto criar o conector para os alertas, principalmente em ambientes onde o System Center Configuration Manager também foi implementado e sincronizado.

De qualquer forma, recomendo que se crie o conector de CI para que máquinas monitoradas pelo Operations Manager e que não contenham agente do Configuration Manager estejam contempladas no banco de dados do Service Manager ao abrir um chamado. Alem disso, o conector permitirá ver aplicações como sites do IIS e outros serviços do Windows pelo Service Manager.

Para criar e administrar este conector, basta definir quais os Management Packs que irão enviar dados e o agendamento para esta tarefa:

08-02-2013 11-38-52

Outros Conectores

Mais detalhes de cada um dos conectores pode ser vista no TechNet em http://technet.microsoft.com/en-us/library/hh524326.aspx

 

 

image

Para mais informações sobre o Windows Server 2012, acesse: http://clk.atdmt.com/MBL/go/425205719/direct/01/

System Center 2012 SP1 Configuration Analyzer

O SC2012 CA é uma ferramenta baseada no MBCA (Microsoft Baseline Configuration Analyzer) que tem a função de verificar se um ou mais servidores estão configurados de forma segura e com os updates essenciais.

Com o SC2012 CA é possivel estender as funções do MBCA para aplicar também recomendações nas ferramentas da suite System Center 2012.

O primeiro passo é baixar o MBCA 2.0 em http://www.microsoft.com/en-us/download/details.aspx?id=16475 e o SCCA em http://www.microsoft.com/en-us/download/details.aspx?id=36796

 

Executando o System Center 2012 Configuration Analyzer

Note que ao abrir o menu não terá uma opção para o SCCA, uma vez que ele é um plugin do MBCA, como pode ser visto abaixo:

28-02-2013 09-40-41

O passo seguinte é selecionar os computadores que serão validados. Porem, para validar alguns servidores remotos pode ser necessário fazer o registro de segurança com Setspn. Se você não sabe como utilizar, pode usar as instruções do próprio SCCA, como mostrado nos tópicos a frente:

28-02-2013 09-40-51

Os resultados são mostrados em duas abas, sendo possivel ver um resumo ou detalhamento dos dados analisados. No exemplo abaixo executei em um SCSM 2012 SP1 e o resultado inicial é que não há pendencias e permitindo exportar o relatório que pode ser revisado posteriormente depois de salvo com a opção “Open Report” no primeiro pront.

28-02-2013 09-42-38

28-02-2013 09-43-08

Utilizando a opção Collected Data é possivel ver os dados utilizados pelo SCCA para validar o SCSM:

28-02-2013 09-42-49

 

Servidores Remotos

Instalar o MBCA e o SCCA em um único servidor é uitl para evitar a instalação em uma farm de servidores ou mesmo para maquinas com acesso limitado. Porem, em alguns casos nao é possivel executar o SCCA remotamente tendo como resultado a mensagem abaixo:

28-02-2013 10-13-44

A função Credssp permite que o servidor onde o SCCA está instalado tenha acesso ao servidor que está sendo analisado, sendo simples de ser executado.

Atualizando System Center 2012 RTM/SP1 RC para SP1 RTM-Parte 2 (SCVMM, SCDPM, SCSM e AppController)

Com o lançamento da versão final do Service Pack 1 do System Center 2012 foi necessário fazer upgrade das versões dos produtos sem o Service Pack ou com o Service Pack 1 na versão Release Candidate (RC). Não irei abordar o Beta pois ele já estava defasado em relação aos testes em geral.

No meu caso, fiz as atualizações a partir das duas versões de todos os produtos e este será um resumo em duas partes, sendo o primeiro com o System Center Configuration Manager 2012, System Center Operations Manager 2012 e Orchestrator (http://www.marcelosincic.com.br/blog/post/Atualizando-System-Center-2012-RTMSP1-RC-para-SP1-RTM-Parte-1-(SCCM-e-SCOM-Orchestrator).aspx).

Este segundo post abordarei o System Center Virtual Machine Manager, System Center Data Protection Manager, System Center Service Manager e System Center AppController.

  A partir do RTM A partir do SP1 RC Agentes
Data Protection Manager Upgrade sem intervenções Upgrade sem intervenções Exige upgrade, desabilita os jobs até que seja atualizado
Virtual Machine Manager Não permite upgrade, mas permite selecionar o mesmo database Não permite upgrade, mas permite selecionar o mesmo database Atualiza os agentes automaticamente
Service Manager Permite o upgrade, desde que esteja com o Cumulative Update 2 instalado Não permite upgrade, mas permite selecionar o mesmo database

--

AppController Não permite upgrade, mas permite selecionar o mesmo database Não permite upgrade, mas permite selecionar o mesmo database Recomendado que o VMM 2012 seja atualizado para o SP1

 

Data Protection Manager (DPM)

Dos 4 produtos que migrei nesta onda o DPM é o unico que permite a migração de forma automática. Basta colocar o instalador e o upgrade ocorrerá sem problemas:

07-01-2013 18-19-38

Porem, é importante que após a migração do servidor seja realizado o upgrade dos agentes, o que pode exigir que o servidor seja reiniciado:

07-01-2013 18-20-55

Importante: O Windows Server 2012 possui um hotfix para evitar que o CSV fique offline durante operações de backup disponivel em http://support.microsoft.com/kb/2799728

 

Virtual Machine Manager (VMM)

A migração do VMM não é permitida, exigindo que seja desinstalada a versão anterior:

07-01-2013 21-05-49

Porem, a solução de manter o mesmo banco de dados (Retain Database) resolve o problema permitindo que a estrutura anteriormente seja  configurada seja aproveitada. Para isso escolha a opção apropriada quando for detectado pelo instalador que já existe um database no SQL Server:

07-01-2013 21-07-42

Na tela posterior será possivel confirmar o banco de dados e permitir o upgrade:

07-01-2013 21-11-51

Por fim, indique que deseja utilizar o mesmo Library existente:

07-01-2013 21-12-13

Assim o ambiente fica operacional e no console será mostrado um warning nos hosts indicando que existe uma nova versão de agente, porem não impossibilita o gerenciamento.

 

Service Manager (SCSM)

O Service Manager pode ser atualizado desde que esteja o Cumulative Update 2 na versão RTM. Se for a versão SP1 Beta/RC o upgrade não é possivel.

Ao iniciar o instalador será possivel escolher a opção de upgrade que ocorre sem muitos problemas, como acontece com o DPM no tópico acima.

Quando temos um servidor com o SP1 beta ou RC a mensagem será de erro como abaixo:

07-01-2013 21-42-03

 

AppController

O AppController não permite upgrade, mas permite a reutilização da base de dados na reinstalação do produto.

O processo é desinstalar a versão existente e reinstalar a nova. Note que não é possivel mudar o banco, as informações aparecem desabilitadas pois o instalador detecta que já havia a configuração anteriormente:

07-01-2013 23-00-01

Login