MVP: System Center Cloud and Datacenter Management, MCT, MCSE, MCITP, MCPD, MCDBA
MVP Logo

Pageviews 2017: 1627893
Pageviews 2016: 3991973
Pageviews 2015: 2675433
Pageviews 2014: 2664208
Pageviews 2013: 2399409
Pageviews 2012: 3209633
Pageviews 2011: 2730038
Pageviews 2010: 1470924
Pageviews 2009: 64608

Últimos posts

Categorias

Arquivo

Tags

Instalação e Upgrade do System Center 2016

Com o lançamento da midia RTM (Release To Manufactoring ou Final) do Windows 2016 e System Center 2016 chega a hora de fazer o upgrade de versões 2012 R2 e 2016 Technical Preview.

Vou abordar cada um deles a partir das versões 2016 Technical Preview, já que a migração das versões 2012 R2 é normalmente mais simples e suportada.

Atualização: Veja os Update Rollups do System Center 2016: http://www.marcelosincic.com.br/post/System-Center-2016-Updates-Rollup.aspx

System Center Configuration Manager (SCCM)

O SCCM é um dos produtos que já estavam na versão 2016 desde o inicio do ano, quando foi lançado como SCCM 1511, seguinte a nomenclatura do Windows 10.

Seguem os posts que já escrevi sobre esta versão:

http://www.marcelosincic.com.br/post/Nova-Feature-do-System-Center-Configuration-Manager-1511-Atualizacoes-e-Updates.aspx

http://www.marcelosincic.com.br/post/Novo-Modelo-de-Updates-do-SCCM-2016.aspx

http://www.marcelosincic.com.br/post/System-Center-Configuration-Manager-1511-Alterar-Evaluation.aspx

Para quem tem o SCCM 2012 R2 o upgrade é tranquilo e basta executar o Setup para funcionar.

System Center Operations Manager (SCOM)

O upgrade do SCOM pode ser feito tanto da versão 2012 R2 quanto das versões 2016 Techincal Preview da mesma forma, ele suporta os dois caminhos.

A unica recomendação que o próprio setup indica é fazer o backup das bases de dados (trabalho e DW) antes, pois não há como retornar caso ocorram erros no meio do processo:

capture20161013145918707

Será necessário fazer o upgrade do Report Viewer, antes utilizamos o RV do SQL 2012 e agora deve ser utilizado o RV do SQL 2016, que é encontrado no link do próprio Setup:

capture20161013150339362

capture20161013155424938

System Center Service Manager (SCSM)

O upgrade tanto do 2012 R2 quanto das versões Technical Preview é simples, não exige nenhum tipo de restrição, ocorrendo de forma bem tranquila:

capture20161013152230043

É importante lembrar de ao final fazer o upgrade dos Management Packs a partir do wizard que o SCOM 2016 possui:

http://www.marcelosincic.com.br/post/Atualizacoes-Automaticas-no-System-Center-Operations-Manager-2016-(TP4).aspx

System Center Virtual Machine Manager (VMM)

Este é um dos produtos que não permite o upgrade automático da versão Techinical Preview, mas permite a partir da 2012 R2.

No caso do Tecnhinical Previwe, o Setup irá indicar que já existe e pedirá para desinstalar:

capture20161013151606238 

Porem, a reinstalação é simples. Basta ao desinstalar escolher a opção para manter o banco de dados:

capture20161013151636326

Ao executar o Setup novamente usar o mesmo banco de dados e diretório das bibliotecas:

capture20161013152117951

capture20161013152715060

Após isso o VMM funcionará normalmente, mas é bom lembrar que será necessário deinstalar os agentes e reinstalar, se ele não fizer o upgrade automático do agente.

Lembrando que uma das mais interessantes features é integração com o Azure: http://www.marcelosincic.com.br/post/System-Center-Virtual-Machine-Manager-2016-TP2-Integrado-com-Azure.aspx

System Center Orchestrator (SCORCH)

Assim como o VMM, ele exige reinstalar mas é possivel manter o banco de dados e reapontar na nova instalação:

capture20161013153558520

capture20161013153757300

Após o processo, os runbooks aparecerão normalmente com os mesmo Integrations Packs.

No caso dos Integrations Packs do SCORCH e do SCOM é importante fazer o upgrade dos pacotes, sendo que no SCOM é bem mais fácil por ter no menu, enquanto não temos o mesmo no Orchestrator.

Software Asset Management (SAM) com System Center Configuration Manager

Na área de software de terceiros da Dell sempre lidamos com a necessidade do gerenciamento de ativos, chamado tecnicamente de SAM, Software Asset Management ou Gerenciamento de Ativos de Software.

Antes de falarmos sobre como utilizar o SAM é importante entender a diferença de um SAM para um inventário, funcionalidade mais comum e simples do System Center Configuration Manager.

Enquanto o inventário é apenas um levantamento do software instalado nas maquinas (desktops e servidores), o SAM envolve um trabalho intensivo com os dados do inventário. Em termos simples, o SAM é a análise dos dados coletados por alguém que conhece de licenciamento para indicar as melhores práticas visando redução de custos.

Como exemplo de um SAM eficiente podemos citar consolidação de banco de dados, virtualização e transformação de produtos on-premisse para cloud.

Detalhes de ferramentas, exemplos de SAM consultivos baseado em Use Case podem ser visto no link principal da Microsoft https://www.microsoft.com/sam

Na maioria dos casos utilizamos o MAP (Microsoft Assessment Planning and Toolkit) para fazer o inventário, mas quando o cliente tem o System Center Configuration Manager (SCCM) instalado o processo é muito mais simples, pois os dados já estão prontos.

A maior vantagem do SCCM sobre o MAP é o fato do MAP ser uma ferramenta passiva baseada em on-shoot, além de fazer a pesquisa por protocolos de rede. O SCCM tem o agente ativo e gera dados muito mais completos como o Software Metering e Asset Intelligence com relatórios importantíssimos sobre uso de software.

Durante as próximas semanas irei montar uma série de artigos com dicas de uso e regras de SAM com o SCCM, com os tópicos:

Vamos falar de licenciamento e SAM!

Posted: mai 04 2016, 02:43 by msincic | Comentários (3) RSS comment feed |
  • Currently 4,5/5 Stars.
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5

Nova Feature do System Center Configuration Manager 1511–Atualizações e Updates

O que é o SCCM 1511 e quando sairá o SCCM 2016?

Antes de falar sobre esta nova feature, é bom lembrar que agora o SCCM não tem mais o ano como versão (2007, 2012, etc) e será como o Windows 10 utilizando um build e atualmente estamos no 1512 em RTM (não teste).

Essa é uma boa noticia, pois acabam os conceitos de versão que dificultam no licenciamento e manutenções. Melhor ainda com a nova feature que falaremos agora.

O que é o Update and Servicing?

Uma das novidades envolvendo o System Center Configuration Manager 1511 é o console de atualizações “Update and Servicing”.

Esta nova funcionalidade podia ser antes complementada com essa feature (http://www.marcelosincic.com.br/post/Configuration-Manager-Servicing-Extension-para-SCCM-2012-SP1-e-R2.aspx), mas agora ela evoluiu.

A partir desse novo item na console é possivel saber em qual versão está o Build em produção e fazer o download e instalação como se fosse o Windows Update para o SCCM.

No exemplo abaixo é possivel ver que baixei o update do 1511 para o 1512 sem qualquer tipo de intervencão durante o download e instalação, aliado ao fato dele automaticamente fazer o rollback em caso de falha:

capture20151228084903677

É interessante notar que agora é possivel fazer o download de atualizações apenas de features no item do Update and Servicing, o que não era possivel até o SCCM 2012 R2.

Com essa novidade aliado ao fato de n��o termos mais o versionamento complexo, será muito mais fácil dar manutenção no SCCM!

Posted: mar 24 2016, 20:05 by msincic | Comentários (0) RSS comment feed |
  • Currently 0/5 Stars.
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5

System Center Configuration Manager 1511–Alterar “Evaluation’'”

É comum ao instalar o SCCM em suas diversas versões deixar para colocar a chave depois da avaliação.

Porem, na versão 1511 lançada no final de Novembro a opção comum a ser usada não funciona mais, ou seja, usar o Setup na opção “Perform site maintenance or reset this site”:

capture20151228100520008

Porem, note que não aparece a opção para incluir a chave de instalação:

capture20151228100528113

Esse “problema” muito provavelmente seja um bug ou por alguma intenção ainda não definida após 60 dias o SCCM 1511 passa a não mais dar a opção de usar a chave.

Para reabilitar, é importante saber que o problema é uma alteração na chave HKLM\Local Computer\Software\SMS\Setup onde o Product ID é alterado para “NONEVAL”, o que impede a inserção da chave posterior a instalação:

capture20151228100459536

Para resolver esse problema, basta alterar de “NONEVAL” para “EVAL”, fechar o Regedit e executar novamente o Setup:

capture20151228100558721

Voilá!!!!  Agora podemos incluir a chave!

Posted: dez 28 2015, 12:24 by msincic | Comentários (0) RSS comment feed |
  • Currently 0/5 Stars.
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Login