MVP: System Center Cloud and Datacenter Management, MCT, MCSE, MCITP, MCPD, MCDBA
MVP Logo

Pageviews 2017: 1612187
Pageviews 2016: 3991973
Pageviews 2015: 2675433
Pageviews 2014: 2664208
Pageviews 2013: 2399409
Pageviews 2012: 3209633
Pageviews 2011: 2730038
Pageviews 2010: 1470924
Pageviews 2009: 64608

Últimos posts

Categorias

Arquivo

Tags

Novo Modelo de Updates do SCCM 2016

Como já havia escrito a algum tempo, uma das mais interessantes novidades do System Center 2016 é a capacidade dos produtos em se atualizarem automaticamente.

No System Center Operations Manager (SCOM) e Service Manager (SCSM) são so Management Packs e no System Center Configuration Manager (SCCM) a atualização inclui os binários do servidor, agente e console.

 

Atualização Automática do SCCM

Pelo console do SCCM acesse Administration –> Cloud Services –> Updates and Servicing e será possivel ver a lista de atualizações, que no caso do SCCM são os Builds, uma vez que ele não possui mais versões.

Clique sobre a versão que está disponivel, o SCCM irá manter o histórico das atualizações já realizadas.

Capturar

Ao selecionar a atualização é possivel ver os novos recursos que a atualização irá fazer, a lista de Knowlegde Bases:

Capturar0

Um item interessante ao iniciar atualização é que podemos ignorar os pré-requisitos como pode ser visto na tela abaixo no checkbox para ‘forçar” a atualização.

Claro que é importante deixar que os requisitos sejam testados, instalar uma atualização que não está com o ambiente completo pode gerar problemas e indisponibilidade permanente.

Capturar1

Outro item importante é a possibilidade de escolher as features que serão incluidas no SCCM com a atualização. Por exemplo, o Apple Volume Purchase é instalado nesse momento como se fossem as features pelo console em “Site Roles and Services”.

Caso não opte por instalar as features no momento da instalação da atualização, é possivel executar novamente mais tarde pelo mesmo caminho:

Capturar2

Como as atualizações “carregam” as novas features podemos escolher quais iremos habilitar como em outras configurações de roles:

Capturar3

Por fim após o update o SCCM poderá pedir para reiniciar o console e finalizar a instalação:

Capturar4

 

Conclusão

Realmente é um recurso excelente ter as atualizações a mão de forma tão simples e confiável.

Esse recurso tornará mais fácil manter o SCCM e outros produtos System Center saudáveis com as ultimas atualizações.

Erro no SQL Server na Instalação do System Center Operations Manager

Já recebi diversas vezes perguntas de profissionais de TI sobre o erro abaixo do instalado do SCOM em todas as suas versões.

Realmente o erro é muito genérico e normalmente quem me perguntou consultou páginas de requisitos e não achou o problema.

image

Neste exemplo especifico que simulei, o erro é o SQL Server 2012 que está no SP1 e o SCOM exige o SP2, que ainda não havia sido aplicado:

WU

Mas como chegar a este detalhe para saber se o problema é um patch, service pack ou comunicação com o servidor?

Para isso o instalador do System Center gera um log que fica no diretório C:\User\<usuário>\AppData\SCOM\Logs com o nome OpsMgrSetupWizard.txt

Tela1

Neste arquivo é detalhado os passos das validações como abaixo:

[11:08:46]:    Debug:    :MSSQLSERVER on server w2012r2-sql2012 is in a running state
[11:08:46]:    Info:    :Info:Opening/Testing Sql Connection on w2012r2-sql2012, port:
[11:08:46]:    Debug:    :Connection was not open.  We will try to open it.
[11:08:46]:    Debug:    :SqlConnectionReady returned True.
[11:08:47]:    Debug:    :MSSQLSERVER on server w2012r2-sql2012 is in a running state
[11:08:47]:    Debug:    :Connection was not open.  We will try to open it.
[11:08:47]:    Debug:    :SqlConnectionReady returned True.
[11:08:47]:    Info:    :Info:Using DB command timeout = 1800 seconds.
[11:08:47]:    Info:    :SQL Product Level: SP1
[11:08:47]:    Info:    :SQL Edition: Enterprise Edition (64-bit)
[11:08:47]:    Info:    :SQL Version: 11.0.3128.0
[11:08:47]:    Always:    :Current Version of SQL=11.0.3128.0   Required Version=11.0.5058
[11:08:47]:    Always:    :Entering GetRemoteOSVersion.
[11:08:47]:    Info:    :Info: remoteOS = 6.3.9600
[11:08:47]:    Info:    :Info:Using DB command timeout = 1800 seconds.
[11:08:47]:    Info:    :Info:Using DB command timeout = 1800 seconds.
[11:08:47]:    Info:    :The SQL Collation is valid.
[11:08:47]:    Info:    :Info:Using DB command timeout = 1800 seconds.
[11:08:47]:    Info:    :Info:DatabaseConfigurationPage: DB connection attempt completed.
[11:08:47]:    Info:    :Info:DatabaseConfigurationPage: DB connection attempt completed.

Neste arquivo é possivel visualizar todos os testes que ele efetuou e saber se o problema é permissão, porta, collation ou, como neste exemplo, falta de update.

Posted: dez 19 2014, 13:25 by msincic | Comentários (0) RSS comment feed |
  • Currently 0/5 Stars.
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5

System Center Advisor Preview–Novidades

Já por alguns anos estamos assistindo sobre o System Center Advisor, desde que seu nome era Atlanta:

Agora temos uma nova fase deste produto que mostra a evolução da monitoração de serviços e servidores utilizando Cloud Computing. No TechEd deste ano em Houston o time de produtos anunciou o Preview da nova versão, que irei detalhar aqui após os testes Beta. A tabela no próprio site mostra a evolução de recursos:

Advisor1

Ativação e Custo

Até o momento como Preview, o SCA continua como um produto gratuito, bastando utilizar um Microsoft Account (antigo Passport) para ativar a conta.

Para os clientes que já tinham o SCA integrado com o SCOM, o update do agente é realizado automaticamente.

Caso não conheça, veja instruções nos artigos acima para ativação e integração com o SCOM.

Nova Interface

A interface do SCA Preview é muito similar ao Preview do Microsoft Azure e mostra a tendencia dos novos produtos em termos de design, sendo que ao abrir a Home temos uma interface baseada em webparts, com um resumo de todos os Intelligence Packs ativos e a situação resumida de cada item:

System Center Advisor

Intelligence Packs

Os Intelligence Packs são pacotes de monitoração que podem ser adicionados na conta, como adicionais ao “Configuration Assessment” que já existe na versão atual. Lembrando que os Intelligence Packs ainda não tem a definição do custo de ativação.

Para acrescentar novos Intelligence Packs ou remover os já ativos utilizamos o botão +/- no canto superior direito da tela e teremos a lista dos Intelligence Packs disponíveis para ativação, com alguns ainda não disponiveis e com o tempo novos serão acrescentados:

Advisor4

Como exemplo, ativei o Intelligence Pack de “Gerenciamento de Log’'”

Advisor5-2 Advisor5-3

Ao ativar um Intelligence Pack este aparece na Home com a instrução de que precisa ser configura se necessário. No caso do “Gerenciamento de Log” realizei a configuração por incluir o nome do log do Windows que seria adicionado e o filtro de eventos, se desejado:

Advisor5-5

No dia seguinte, depois de ativar a monitoração por algumas horas já temos os dados disponiveis, como a Home no inicio deste artigo. Ao cliente am “Log Management” podemos ver os detalhes de dados e utilizar as Queries para acessar os dados do Log detalhado como a segunda imagem abaixo onde podemos ver o tipo de evento mais comum em um determinado log:

Completo4

Completo5

Outro Intelligence Pack adicionado que traz um retorno valioso é o “Antimalware” que analise eventuais falhas de segurança, updates não aplicados e até virus/trojans conhecidos:

Completo6

Para as funções já existentes no Advisor, houve melhoras substanciais como podemos ver no resumo abaixo, onde temos alem dos mais de 300 alertas disponiveis agora temos as recomendações baseadas em KBs e a análise de workloads, por tipo de produto como pode ser visto abaixo no resumo de configuração e detalhamento dos alertas:

Completo2

Completo3

Conclusão

O System Center Advisor agora é maduro e com certeza receberá grandes inclusões de recurso com o lançamento do produto final.

Para quem já tem a conta, basta ativar o Preview em https://preview.systemcenteradvisor.com e se utiliza integrado ao SCOM automaticamente terá os novos recursos sendo monitorados com a ativação dos Intelligence Packs.

Posted: mai 14 2014, 16:21 by msincic | Comentários (0) RSS comment feed |
  • Currently 0/5 Stars.
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5

Integrando Visualizações do Operations Manager 2012 no SharePoint 2013 com o Visio Services

Uma necessidade que muitos clientes solicitam é a possibilidade de integrar visualizações dinâmicas do System Center Operations Manager 2012 em TVs ou disponibilizar dados publicamente pelo SharePoint ao invés de utilizar o console.

Introdução

Este recurso é possivel por utilizar o Visio Services do SharePoint Enterprise 2013 integrado com o serviço de publicação de dados do SCOM, proporcionando uma visualização como abaixo com o site completo com 3 webparts, ou mesmo usando os Dashboards:

SNAG-0000

Nota: Apenas a primeira das webparts é dinâmica e online. As duas webparts de diagrama são apenas representações estáticas de um arquivo Visio gerado no console do SCOM.

Abaixo detalhes de uma webpart ampliada, onde temos os servidores desejados para a monitoração em tempo real:

SNAG-0001

Como este recurso é interativo, ao clicar com CTRL em um dos servidores, automaticamente será aberto o Operations Manager Web Console com o Healthy Check do servidor:

SNAG-0002

Mostrado o recurso e a sua integração em tempo real, vamos considerar como montar.

Configurando a Integração do Visio com o SCOM

O primeiro passo é baixar o pacote Microsoft Visio 2010 and SharePoint 2010 Extensions for System Center 2012 em http://www.microsoft.com/en-us/download/details.aspx?id=29268

No diretório Client será possivel instalar o conector no Visio que o permite ler dados do SCOM e gerar os Shapes no diagrama, estando disponivel em versão 32 e 64 bits:

SNAG-0015

Ao abrir um novo documento no Visio agora será possivel na barra de ferramentas ver a opção Operations Manager e clicando no botão Configure temos as opções para indicar o servidor Operations Manager

SNAG-0006

O primeiro dos itens que pode ser utilizado é o Add Status que inclui uma pequena tabela para indicar quando os dados foram atualizados, o que é muito util dentro do SharePoint:

SNAG-0007

Na sequencia podemos acrescentar os shapes desejados com o botão Insert Shapes, bastando selecionar a classe desejada e o objeto que será monitorado, como o exemplo abaixo:

SNAG-0009

Em alguns casos podemos utilizar shapes já existentes no Visio, por exemplo shapes de maquinas reais ou outros tipos de objeto da biblioteca existente. Isso é possivel utilizando o botão Link Shape e definir o objeto do SCOM que aquele shape representa:

SNAG-0010

Este processo também pode ser usado quando exportamos um Dashboard para Visio e depois vinculamos os objetos reais aos shapes no arquivo. Para isso pode ser usado o botão Reconcile Shapes onde o wizard listará todos os objetos e será mais rápido que o exemplo acima:

Reconciliate1

Selecione o tipo de atributo existente no desenho que será usado para mapear com os objetos do SCOM:

Reconciliate2

Por fim, o wizard irá mostrar os objetos que não foram encontrados correspondência e permitirá a ligação manual:

Reconciliate3

A partir deste momento já é possivel testar a integração do Visio com o SCOM clicando com o botão nos shapes e verificando o Healthy Explorer ou na lista External Data que aparece a cada objeto adicionado:

SNAG-0014

Configurando a Integração entre o SharePoint e o Visio

No mesmo pacote temos o diretório com o aplicativo que deve ser executado no SharePoint para integrar a webpart de Visio com o SCOM:

SNAG-0016

Após executar o setup abra o SharePoint Administration Portal e em Applications Management –> Manage Service Applications ��> Visio Graphics Service –> Trusted Data Provider verifique se no Visio Service foi incluido o SCOM como fonte de dados:

SNAG-0017

SNAG-0018

SNAG-0019

SNAG-0020

Se a conexão acima não aparecer automaticamente, será necessário criar a entrada manual, por clicar em Add e digitando a linha acima de identificação do Assembly de conexão. Este passo está descrito no PDF do pacote de integração para intalação manual dos componentes de integração.

O passo seguinte é criar uma Document Library para colocar os arquivos Visio criados anteriormente. Esta pasta não necessita de qualquer dado ou configuração adicional, apenas fazendo o upload dos arquivos, como o exemplo abaixo:

SNAG-0005

Na sequencia edite umá página qualquer existente no SharePoint e adicione uma nova webpart Visio Web Access e defina nas propriedades qual será o arquivo mostrado na página. Veja também que é possivel configurar o tempo de atualização, o tamanho da webpart, aparência geral e outros:

SNAG-0004

Integrando o SharePoint com o SCOM

Os Dashboards do SCOM podem ser utilizado livremente no SharePoint, após instalar os componentes usando o DVD do SCOM. O primeiro passo é copiar a pasta Setup\xamd4\SharePoint do DVD do SCOM para o SharePoint:

ComponentSCOM

Abra o SharePoint Management Shell e execute primeiro o comando para permitir a execução do script e o script para instalação dos Assemblies:

Set-ExecutionPolicy Unrestricted

.\install-OperationsManager-DashboardViewer.ps1 solutionPath  “<<Local onde os arquivos foram copiados>>”

Quando perguntar o site, deixando em branco será instalado para todos os existentes.

Após a instalação entre em um site onde deseja utilizar a webpart e verifique em Site Settings –> Site Collection Features se o componente Operations Manager Dashboard Web Part está ativado, como o exemplo abaixo:

SharePointfeature

Agora já está disponivel, edite uma página do SharePoint e acrescente a webpart Operations Manager Dashboard:

SahrepointView1

Na sequencia defina o Dashboard que será mostrado utilizando o link do Operations Manager Web Console, como o exemplo abaixo:

SahrepointView2

Conclusão

Utilizando o pacote de integração podemos criar páginas no SharePoint dinâmicas permitindo a qualquer usuário com permissão em um site ou página acompanhar dados de monitoração do ambiente.

Posted: ago 14 2013, 19:15 by msincic | Comentários (0) RSS comment feed |
  • Currently 0/5 Stars.
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5

System Center Operation Manager 2012–Instalação e Dicas

O Beta do SCOM foi liberado dia 20/jul e como participante do CEP, que é o programa de avaliação de produto, iniciei os testes com a nova ferramenta. Este primeiro post será para detalhar o processo de instalação, mas acrescentando dicas. Caso deseje participar do programa de avaliação entre em http://connect.microsoft.com/site1211/Survey/Survey.aspx?SurveyID=12787

O primeiro passo é preparar os pré-requisitos da instalação que requerem um cuidado ou configuração especial.

SQL Server

O SCOM 2012 não é mais compatível com o SQL Server 2005, apenas as versões do SQL 2008 e SQL 2008 R2.

Porem, ele exige que o collation (código de página utilizado) seja SQL_Latin1_General_CP1_CI_AS quando normalmente utilizamos o SQL_General_CI_AS. A figura abaixo mostra a configuração correta para o SQL Server:

SQLCollation

E caso o seu SQL esteja instalado com outro collation?  O ideal é instalar uma nova instância ao invés de alterar a atual e o motivo é que ao mudar o collation bancos de dados de usuário serão desatachados, ou seja, continuaram no disco mas sairam do catálogo.

Se desejar, pode alterar utilizando o comando abaixo e depois executar o “Attach” para retornar os bancos de dados anteriores.

Setup /QUIET /ACTION=REBUILDDATABASE /INSTANCENAME=MSSQLSERVER /SQLSYSADMINACCOUNTS=dominio\usuario
/SAPWD=Senha /SQLCOLLATION=SQL_Latin1_General_CP1_CI_AS

O comando deverá ser executado do diretório de instalação do SQL, subdiretório Setup Bootstrap.

Internet Information Server (IIS)

O IIS precisa estar instalado com as features padrão utilizadas para suporte a portais que utilizem .NET Framework, que aliás exigirá a instalação manual do .NET 4.0 no Windows 2008 R2.

Porem, exige-se a configuração adicional do ISAPI para executar o Framework 4.0, como mostra a figura abaixo:

ISAPI Restrictions

Para isso vá ao gerenciador do IIS e na opção ISAPI Restrictions e utilize a opção Allowed no ASP.NET 4.0.

Instalando o SCOM 2012

A tela inicial do instalador é típica dos produtos atuais da Microsoft, com as opções para instalar agentes, coletor de auditoria e gateway. Do lado direito da tela é possivel acessar os documentos de suporte para a instalação.

Inicial

A seguir escolhemos as opções desejadas, que fazem parte da estrutura principal do ambiente, lembrando que opção como coleta de auditoria e gateway são instalados diretamente na tela principal, acima.

Features

O passo seguinte é executar o pré-requisito do sistema, que tem a vantagem em relação ao SCOM 2007 que não é necessário dar os nomes dos servidores que serão utilizados e é possivel re-executar a verificação sem a necessidade de sair e retornar a instalação. Alem disso, ele indica o que fazer para resolver os problemas de pré-requisitos. Caso queira detalhes clique no link Full System Requirements para trazer a página online com todos os dados necessários.

Requeriments

A tela seguinte permite criar um novo grupo de gerenciamento ou ingressar em um que já exista. Caso escolhe a opção de adicionar um novo servidor será solicitado o nome do servidor que já existe.

ManagementGroup

Na sequencia é definido o nome do servidor SQL Server e os dados do banco a ser criado, lembrando as restrições de versão e collation explanadas no inicio do post.

DatabaseSelection

Por fim, definimos as contas que serão utilizadas para subir os serviços e fazer as conexões. Caso deseje criar contas especificas para cada função clique no link do Security Guide que trará detalhes das permissões necessárias a cada papel.

Accounts

Instalação iniciada e terminada com sucesso rapidamente.

Final

Nos próximos posts iremos ver o SCOM 2012 em funcionamento, aguardem!

Posted: ago 24 2011, 00:46 by msincic | Comentários (0) RSS comment feed |
  • Currently 0/5 Stars.
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Login